Séries

Livro x Filme x Série: O Iluminado

Livro x Filme x Série: O Iluminado

Assisti “O Iluminado” pela primeira vez com minhas amigas. Eu devia ter uns 13 anos. Era a série dirigida pelo próprio Stephen King, transformada em filme. Alugamos na locadora vizinha de uma das meninas: duas fitas VHS. E adorávamos!
Não lembro quando foi a primeira vez que assisti “O Iluminado”, o filme dirigido pelo Stanley Kubrick. Não lembro se foi na mesma época com as amigas. Mas lembro que uma vez fiquei acordada até tarde com minha mãe para vê-lo (será que essa foi a primeira vez?) e a mãe virou pro lado e dormiu porque tava com medo… Comprei o DVD tempos depois.
E no início da semana eu concluí a leitura do impresso “O Iluminado”. Depois de anos amando esse filme consegui espremer cada detalhe da obra original. Cada detalhe que não estava em nenhuma das cenas. Amei, assim como eu amei as outras duas produções PORQUE É POSSÍVEL SIM AMAR TUDO!

Vejo muita gente reclamando que o filme do Kubrick é melhor, que a série é tosca. Que o livro supera tudo e blábláblá… Gente. Eu adoro os três e não sei dizer qual é o melhor. Vou começar falando do livro ok?!

O livro é incrível! Os detalhes do passado da família Torrance são descritos com clareza de detalhes que fazem a gente entender bem as relações entre eles. A Wendy do livro é uma mulher forte e batalhadora, persistente e amável. O Danny é todo especial, inteligentíssimo! E o Jack, foi o personagem que mais me surpreendeu. Nunca tinha visto Jack como um acadêmico, e o livro adicionou essa imagem. No livro passei a compreender algumas mágoas, o alcoolismo do Jack e a iluminação do Danny. Essas informações sobre os personagens e sobre o passado do hotel são bem melhores explicadas no livro. Li rapidinho, em menos de uma semana!

O filme do Kubrick, com Jack Nicholson, é um filme que eu adoro. Porém ele adiciona coisas que não existe no livro, como o labirinto ou a aparição das irmãs gêmeas. Eu adoro essas cenas! Falta personalidade na Wendy desse filme (Duval aparece como uma assustada e submissa esposa). O Danny é perfeito, mas o Tony nessa versão é um personagem mal escrito, não consigo vê-lo nem como um amigo imaginário. Aqui eu vejo um Jack maluco desde o início e não adquirindo a falta de lucidez enquanto o inverno avança. O número do quarto assombrado é diferente aqui e ficam faltando alguns detalhes sobre o hotel. Gosto do avanço do filme do Kubrick, mas ele deixa a desejar em termos de profundidade nos personagens.

A família Torrance de 1980

A série é longa e totalmente fiel ao livro. Porém os atores e efeitos especiais são ruins. Não consigo falar sobre o Jack nesse filme, pois o ator deixou a desejar, mas desenvolveu um personagem que vai enlouquecendo conforme o filme avança. O Danny até me convence, mas me dá agonia aquele menino que não consegue fechar a boca direito (hahahaha). A Wendy é perfeita, tem mais fibra e coragem nessa versão. O que eu gosto aqui é o aprofundamento do livro, o andamento da história e com certeza de ter sido rodado no Stanley Hotel, que foi o hotel inspirador da obra.

A família Torrance em 1997

Por fim, concluo que as três obras, com seus altos e baixos se completam. E hoje sou uma fã completa por ter lido, visto e revisto essa história que me fascina muito! Quem aí nunca teve um momento de iluminação não é? Não forte como a do Danny, mas pelo menos uma centelha, uma visão ou uma premonição?!

O livro tem 463 páginas e é da Editora Suma das Letras e você encontra em qualquer boa livraria!
O DVD “O Iluminado” de Stanley Kubrick é distribuído pela Warner e você encontra baratinho nas Americanas.
A série dirigida pelo próprio Stephen King é super rara de encontrar. Mas muitos blogs o disponibilizam pra download (só não vá reproduzir e ganhar dinheiro tá?). Dá um Google em “O Iluminado 1997” que você encontra algo aí!

Você já assistiu? Gostou? Tem um preferido? Me conta aqui!

Até a próxima,
Grazy

No Comment

  • Reply

    Carolina Xavier

    24 de maio de 2015

    Não conhecia o livro , a serie e nem o filme, eu vou procurar assistir o filme primeiro, sua resenha me deixou muito curiosa, amei seu blog e estou seguindo beijos http://www.blogdaxavier.com.br/

  • Reply

    Leite com Biscoitos

    25 de maio de 2015

    Nossa, essa série do Iluminado deve ser realmente super difícil de achar porque eu não sabia nem que existia. O filme é muito bom, mas eu não li o livro ainda, vou tentar procurar a série pra baixar e colocar o livro na minha wish list hahaha, porque tem que por, sou muito ruim de memoria e quando vou na livraria acabo esquecendo vários titulos.

    http://www.leitecombiscoitos.com/

  • Reply

    Ateliê Donna Rita

    25 de maio de 2015

    Esse é um dos filmes mais vistos de todos os tempos desta casa! kkkkk O Sr. Marido é que nem criança, assiste os mesmos filmes várias vezes seguidas… kkkkk Eu realmente não conhecia sobre a série, nunca nem tinha ouvido falar… O livro está aqui esperando para ser lido e eu curto demais o filme… Acho um trabalho primoroso do Jack Nicholson… assim que eu ler o livro volto aqui pra rever meus conceitos… rsrsrs. Adoro tuas dicas de livros!!!

    Beijos!

  • Reply

    Camila Faria

    25 de maio de 2015

    Grazy, eu nem sabia que existia uma série, pra falar a verdade. AMO o filme e morro de vontade de ler o livro. Todo mundo diz que é o melhor do Stephen King!

  • Reply

    Clayci

    28 de maio de 2015

    Apesar do Stephen não ter curtido a versão de Stanley, eu amei.. É um dos meus favoritos =D

  • Reply

    Bela Carapinheiro

    29 de maio de 2015

    Fui na expo do Kubrick e a parte do The Shining era a mais encantadora (junto com o Laranja mecanica e lolita rs).

    | Promoção de um ano de A Bela, não a Fera |
    | FB Page A Bela, não a Fera|

  • Reply

    Grazielli Bernardino

    1 de junho de 2015

    Obrigada Carolina!! Volte sempre aqui e me conte como foi sua experiência com as dicas!! ♥

  • Reply

    Grazielli Bernardino

    1 de junho de 2015

    Eu vejo sempre que posso, hahahahaha. Também sou que nem criança, assisti mil vezes os mesmos filmes!!

    Beijão!

  • Reply

    Grazielli Bernardino

    1 de junho de 2015

    A série ficou na sombra do filme que é famosíssimo! O livro vale suuuuuper a pena!!
    Obrigada pela visita! ♥♥ Beijão!

  • Reply

    Grazielli Bernardino

    1 de junho de 2015

    A série é menos famosa mesmo Camila, mas pra quem gosta da história vale super a pena conferir! São só 3 capítulos!

    Beijinhos!

  • Reply

    Grazielli Bernardino

    1 de junho de 2015

    A do Stanley tem um toque meio bizarro, que adoro apesar de não ser fiel à história original!

    Beijos Clayci, obrigada pela visita!

  • Reply

    Grazielli Bernardino

    1 de junho de 2015

    Aqui em SC nunca vem essas expo maneiras. Fiquei com muita vontade de ver!

    Beijinhos!

  • Reply

    Luiz Nase

    8 de junho de 2015

    Olá … dei uma passadinha por aqui e vi que vc tava falando do iluminado..kk Não aguentei, tenho que comentar..
    Eu vi o filme diversas vezes,e até hj me surpreendo como ele é bom. Cheguei a comprar o Blu-Ray. Além da interpretação do Nocholson, o que mais me prende ao filme é a trilha sonora. Muito perturbadora e eu adoro.

    Tentei ver a série, mas não tive paciência. O ritmo é muito lento, e senti falta do estilo Jack Nicholson no Jack Torrance. Em relação as diferenças, o próprio Stephen King quis fazer essa produção por discordar dos rumos que o Kubrick deu a história. Mas…
    Ainda não li o livro, uma pena, essa é uma missão que preciso cumprir…

    Um abraço e um bjo….

Leave a Reply


CAPTCHA Image
Reload Image

Sobre Mim

Sobre Mim

Grazy, 30. Casada com o Robson. Mamãezinha do Shih Tzu Dominic.

Categorias

Últimos Posts

Colares masculinos e como usar?

12 de fevereiro de 2019

Brincos nada básicos

9 de fevereiro de 2019

Anuncie

Anuncie

Posts Populares

Blog Day!

31 de agosto de 2017

Amigo Caneca: Old Mail

19 de outubro de 2015

Pin-me

Leia também

Blog Day ♥

31 de agosto de 2015