Blog

Livro: Razão e Sensibilidade

Livro: Razão e Sensibilidade

Quando terminei de ler “Orgulho e Preconceito” fiquei morrendo de vontade de ler os outros romances da Jane Austen. Emendei com “Razão e Sensibilidade” que foi o primeiro romance publicado da autora.

Este livro conta a história das irmãs Elinor e Marianne Dashwood, que mudam-se de sua casa com sua mãe e irmã mais jovem, após a perda do pai. Seu meio-irmão herda sua antiga propriedade e elas se veêm na obrigação de mudar-se. Na vida novas elas conhecem pessoas novas e descobrem sentimentos intensos.

Elinor é “razão”: madura, reservada, não se deixa abater. Marianne é “sensibilidade”: uma pessoa puro coração que se deixa levar pelos seus sentimentos. Ao mudar-se elas fazem amizade com uma senhora que as leva para uma temporada em Londres.
Confesso que este livro me decepcionou bastante. Não achei a história tão boa quando “Orgulho e Preconceito”e nem achei os personagens marcantes. Como disse minha mãe: “devia ter lido este primeiro!”. Não é uma leitura ruim, mas me peguei evitando terminar! 
O contraste entre as duas irmãs é enorme, realmente. Por vezes eu ficava irritada com o modo da Marianne sofrer tudo, ficar às mínguas até o ponto de adoecer. Ela se apaixona loucamente por um rapaz, que não atende às suas expectativas. A Elinor também gosta de um rapaz, que está noivo de outra que é uma pessoa próxima dela. Porém Elinor leva tudo com uma frieza incrível por mais que possamos perceber o quanto chateada ela está com toda a situação.
Confesso que não gostei do final. Acho que Elinor merecia um final avassalador, com um romance incrível e o narrado eu não gostei nada. Quanto à felicidade de Marianne, acredito que a narrativa meio que acinzentou um pouco. É algo que eu acho que poderia ter sido mais aprofundado, mais explorado.

É uma narrativa bem agradável. Mas confesso que ainda gosto mais do “Orgulho e Preconceito” e entendo o porque essa obra a dignificou.
E você já leu? Curtiu? Conta pra mim!
XoXo,
Grazy

No Comment

  • Reply

    Clayci

    15 de agosto de 2015

    Eu ainda não li, mas assisti a adaptação.. Gostei muito, porque o Allan Rickman estava no elenco.
    Quero ler ainda =D
    A história é maravilhosa

  • Reply

    Grazielli Bernardino

    17 de agosto de 2015

    Acho que vou baixar essa adaptação Clayci, ainda mais com o Allan Rickman né?!
    Beijos

Leave a Reply


CAPTCHA Image
Reload Image

Sobre Mim

Sobre Mim

Grazy, 30. Casada com o Robson. Mamãezinha do Shih Tzu Dominic.

Categorias

Últimos Posts

Colares masculinos e como usar?

12 de fevereiro de 2019

Brincos nada básicos

9 de fevereiro de 2019

Anuncie

Anuncie

Posts Populares

Blog Day!

31 de agosto de 2017

Amigo Caneca: Old Mail

19 de outubro de 2015

Pin-me

Leia também