Blog

Bizarrices?

Bizarrices?

Quase três semanas sem postar! Precisei dar um tempo porque aconteceram tantas coisas, outras estão por vir, que achei melhor ir de leve. Ainda estou respondendo os comentários de posts anteriores e não coloquei todas as visitas em dia, pois muitos blogs fizeram BEDA e quero ver tudinho. Mas hoje volto com um post um pouco diferente.

Às vezes me sinto um patinho feio por não me encaixar em certos padrões de gosto/beleza/atitude. Mas acho que no fim todo mundo tem algo diferente né mesmo? Não sei se esses fatos são bizarros, mas com certeza não se encaixa em um padrão considerado normal… Bora?

1 – Eu não tomo café.
Tem gente que acha ok, mas tem gente que me considera ET. Juro que já tentei, principalmente na época da faculdade que eu precisava me manter acordada. Consigo tomar refrigerante e consumir algumas coisas à base de cafeína, mas o café neca de pitibiriba. Já tentei os “diferentões” mas não desce!

2 -Tenho medo de palhaços, anão, chimpanzé e, pasmem, altura!
Amo montanha-russa, mas odeio altura. Quando o troço começa a subir preciso ficar de olhos fechados. Fui na Roda Gigante e foi osso acostumar com a altura, o mesmo sobre bondinhos e afins. Não sou preconceituosa com anões e eu não sei da onde vem esse medo. Tento ser natural mas por dentro tô em pânico (sorry). Tenho medo de chimpanzé desde “Planeta dos Macacos” e por mais que eu admire esses animais eu morro de medo. Palhaços nem preciso me explicar né?


3 – Tenho aflição de barriga de grávida.
Acho que por isso eu não desejo ser mãe. Gente, eu tenho aflição daquelas barrigonas com um serumaninho se remexendo lá dentro. Parece coisa de alien, filme de ficção sabe? Aflição master!!!

4 –  Eu não me emociono facilmente.
Só com filme de cachorro. Aí eu choro largado.

5 – Eu “como” letras quando escrevo.
Quem já recebeu cartas minhas pode ter notado que eu esqueço algumas letras nas palavras. Nas cartas eu dou uma rabiscada e fica lá, gravado que sou uma faminta, tão faminta que como as letras. Aqui no blog vocês não percebem porque dá pra voltar e corrigir sem deixar rastros.

E vocês, compartilham de alguma dessas bizarrices?

Ah, não esquece de passar no blog da Nique e ver as bizarrices dela!

XoXo.
Grazy

No Comment

  • Reply

    Paty Dibona

    9 de setembro de 2016

    Grazy, eu também não tomo café, bate aqui o/
    Eu sou uma manteiga derretida, em filmes de cachorro eu quase morro desidratada hahaha. Como letra, coloco onde não tem, às vezes repito até a mesma palavra. Palhaços e barrigas de grávidas, ok pra mim hehe ♥ Beijo, saudade daqui!

  • Reply

    Livia Marinho

    14 de setembro de 2016

    Oii Grazy, então também sou bizarra, pois me identifiquei com várias coisas. Também não tomo caé, apesar de gostar do aroma dele. Eu choro até em funerais de quem não conheço, sou mega chorona.. hahahaha
    E também odeio palhaço, ai meu Deus, dá arrepios.
    Some não hein?
    Beijos

  • Reply

    Clayci

    15 de setembro de 2016

    Eu morro de medo de palhaço haiuhauihauhaih
    E só consigo ler, assistir coisas co o coringa e mesmo assim…

    e eu respiro café aihauhahiuahuiahuiah

  • Reply

    Nique

    15 de setembro de 2016

    Nem me fale em palhaços, nem coloquei porque só de ver sinto medo, e esse palhaço aí levei susto. aiaiai

  • Reply

    Bianca Carvalho

    16 de setembro de 2016

    Eu só tomo café com leite, mas meu dia não começa enquanto eu não tomo meu pingado com pão na chapa. aksjdhaksjhd
    E eu sou a mesma coisa com altura, eu AMO montanha russa, mas CAGO de medo de altura. toca aí o/
    Mas eu tenho agonia de grávida em si. Acho que meu terror engravidar é tão grande que nem ficar perto de uma eu gosto (vai que pega, né?). kajshdaksjh
    E o legal é ser diferente mesmo! 🙂

  • Reply

    Michelli B.E.

    16 de setembro de 2016

    Também não tomo café, aqui em casa nun tem nem cafeteira, pó, nada. Quando vem gente que toma tem que ir na padaria hahaha

  • Reply

    Beatriz

    18 de setembro de 2016

    Eu tomo "café", mas sou bem fresca com isso, só com leite e ainda assim é muito leite com uma gotinha de café, só pra ficar marronzinho. Café puro jamais! haha
    Me identifiquei com a barriga de grávida, acho normal até o bebê começar a se mexer, aí dá um pouquinho de aflição sim!

    Beijos!
    Vestindo o Tédio

  • Reply

    Camila Faria

    19 de setembro de 2016

    Oi Grazy, acho que essas coisas que a gente considera bizarras na nossa personalidade são mais comuns do que a gente imagina. E é nas diferenças que está a graça, né? Imagina se fóssemos todos iguais, com os mesmos medos e preferências. Eu tenho um certo medo de altura também, passo longe de lugares muito altos (mas também vou na montanha russa e derivados, vai entender). Beijo!

  • Reply

    Stephanie Ferreira

    21 de setembro de 2016

    Oi Grazy! Ai menina eu já sou gulosa e como palavras quanto to escrevo, no papel ou no computador/celular sempre falta uma palavrinha xD
    E sobre medos estranhos, eu tenho medo de escada caracol então né… Palhaços não são nada rsrsrs

    Beijão,
    Quase Mineira

  • Reply

    Grazy Bernardino

    23 de setembro de 2016

    Uhulll o/

  • Reply

    Grazy Bernardino

    23 de setembro de 2016

    Café só o cheirinho mesmo, haha. ♥

  • Reply

    Grazy Bernardino

    23 de setembro de 2016

    Então, coisas com palhaço me dá uma agonia imensa!!!
    Até consigo suportar o Coringa, sei lá kkk.
    Beijos

  • Reply

    Grazy Bernardino

    23 de setembro de 2016

    Hahahaha, tentei ilustrar com um palhaço menos assustador.
    Beijos

  • Reply

    Grazy Bernardino

    23 de setembro de 2016

    Hahahahahaha me identifiquei com o "vai que pega". Sou dessas.
    Beijos Bi ♥

  • Reply

    Grazy Bernardino

    23 de setembro de 2016

    Aqui até tem pó, porém só pras visitas mesmo. Engraçado é que faço café pras visitas e elas adoram!
    Beijos Chell ♥

  • Reply

    Grazy Bernardino

    23 de setembro de 2016

    Hahahahaha, bebê mexendo parece coisa de filme de ficção científica. Agonia!
    Beijos.

  • Reply

    Grazy Bernardino

    23 de setembro de 2016

    Isso é verdade Cá. Todas as nossas diferenças são reflexos de vivências do passado.
    Beijos

  • Reply

    Grazy Bernardino

    23 de setembro de 2016

    Sté, sabe que lembrei que eu não me sinto bem com escadas em caracol… Não chega a ser medo, mas não é algo muito confortável!
    Beijos

  • Reply

    Laura Gouvêa

    14 de outubro de 2016

    Sempre tive pavor de qualquer tipo de palhaços. E de Papai Noel (é sério, eu saio correndo no meio do shopping).
    Acho barriga de grávida a coisa mais linda. Não vejo a hora da minha ficar esticadinha assim rsrs

    beijos
    http://eitalaurinha.blogspot.com

  • Reply

    Grazy Bernardino

    24 de outubro de 2016

    E agora essa besteira de palhaços assassinos? Se eu tiver algo na mão eu taco fogo mesmo, hahahahahaha.
    Beijos

Leave a Reply


CAPTCHA Image
Reload Image

Sobre Mim

Sobre Mim

Grazy, 30. Casada com o Robson. Mamãezinha do Shih Tzu Dominic.

Categorias

Últimos Posts

Colares masculinos e como usar?

12 de fevereiro de 2019

Brincos nada básicos

9 de fevereiro de 2019

Anuncie

Anuncie

Posts Populares

Blog Day!

31 de agosto de 2017

Amigo Caneca: Old Mail

19 de outubro de 2015

Pin-me

Leia também

Old Mail – Envelopão

5 de agosto de 2016

Livros (BEDA #18)

19 de abril de 2016

BEDA : Blog Every Day in August.

1 de agosto de 2017