Livro Dobradinha - Mansfield Park e Abadia de Nortanger


Finalmente eu terminei as leituras Jane Austen e me sinto uma pessoa realizada, hahahaha. Na verdade eu as terminei em novembro, porém, como a correria tava imensa as fotos estavam sem edição e eu não queria mostrar fotos meia boca pra vocês. Ainda mais de uma edição maravilhosa como essa!!!

A versão azul Jane Austen, da editora Martin Claret, contém três livros: Emma, Mansfield Park e A Abadia de Northanger. Emma eu já havia lido noutra ocasião e resenhado aqui (no fim deste post ficarão todos os links de resenhas ok?). Então vamos pras resenhas desses dois últimos livros que li e que completaram minha experiência Austen!


Mansfield Park é a história de Fanny, uma jovem de família humilde que, com dez anos, passa a ser criada pelos tios mais abastados na linda propriedade de Mansfield Park. Os principais acontecimentos ocorrem quando Fanny já é moça e passa a viver em sociedade. Ali, ela cresce com os primos, recebe boa educação mas ainda se sente um peixe fora d'água.

Diferente das demais personagens de Austen, nossa Fanny é frágil, tímida e recatada. Ela, por ser parte pobre da família que teve uma chance de ser bem criada, fora muito humilhada no seu crescimento, porém ela se sentia sempre muito agradecida pela oportunidade de ali estar. Quando cresce ela se torna uma bela moça que desperta a atenção dos rapazes que convivem com sua família. Porém seu puro coração desperta um sentimento forte por um dos primos, com quem sempre se deu bem e com quem tem uma forte amizade.



Lendo "Mansfield" percebi que a quantidade de personagens parecia maior que nos livros anteriores. Não sei se foi apenas impressão. Sem contar que cada um tem uma particularidade incrível! Talvez seja a diferença nas suas personalidades que os tornam tão marcantes e pareça que são muitos! Dá pra perceber a diferença das três irmãs (mãe da Fanny e suas duas tias), que são berrantes! Também há uma grande diferença na personalidade dos seus primos. Enfim, são personagens distintos, bem trabalhados que se combinam em um conjunto. Eu gostei muito dessa narrativa, porque ela tem um enredo diferente das demais. Fanny não se preocupa tanto com casamento e sua "história" é mais de inserção na sociedade e seu crescimento. Gostei muito! Sem contar que é uma história bem longa e bem construída. Eu adorei!


A Abadia de Northanger é, dos livros, o que menos gostei. Conta a história de Catherine, uma moça espevitada que passa uma temporada na turística Bath (conhecemos esse lugar pois foi onde a Lydia "fugiu" com o Wickham em "Orgulho e Preconceito"). Cath é uma leitora voraz, o que a torna super imaginativa. Em Bath ela é apresentada à sociedade e pode ter conhecimento de rapazes, que nutrem os seus sonhos. Desses sonhos desperta-se Henry Tylner, que tem uma irmã que logo se torna amiga de Catherine. Ela descobre que a família Tilney é proprietária de uma Abadia e passa a sonhar com os mistérios do lugar até ser convidada a visitá-lo. Ali ela conhece um pouco mais sobre a família e sobre seus próprios sentimentos.


Eu não sei se gostei, por isso digo que dos livros foi o que menos gostei, porém, é digno de leitura. O ritmo desse livro me foi bem mais rápido que os demais, e como uma leitora que adora detalhes, achei isso um ponto negativo. Os personagens são animados e carismáticos, não há nada de melancólico, afinal, é a energia dos dias ensolarados perto do mar que inspira esses personagens! Mas eu gosto do jeito subentendido do Darcy, haha. Enfim, foi uma leitura bem diferente das demais, bem bacana.


Mesmo com os contras acredito que todos os livros da Jane Austen são dignos de leitura. Recomendo fortemente essas leituras e principalmente essas edições da Martin Claret. Páginas firmes, fonte de tamanho bom e tudo organizadinho, sem falar das bonitas ilustrações que introduzem cada livro e essas capas maravilhosas!


Leia as demais resenhas!
Orgulho e Preconceito
Razão e Sensibilidade
Emma
Persuasão

Já leu algum? Conta pra mim!

XoXo,
Grazy

8 comentários

  1. Não li nenhum Grazy, mas que edição LINDA!♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É maravilhosa Verinha! Eu adoro essas edições porque a tipografia é bem clara pra ler, não muito pequena sabe?
      Super indicado! ♥♥

      Excluir
  2. Essas edições novas estão maravilhosas, super convidativas! Já faz um tempo que estou pensando em adquirir uma e, até por isso, corri aqui para ver suas resenhas. Continuo me animando!

    Yellow Ever Shine

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lari, são edições maravilhosas para guardar pra sempre. Sou suspeita, mas indico muito!

      Excluir
  3. Eu sou apaixonada por esse livro, tenho a edição rosa, mas ainda não tive tempo de ler, espero conseguir fazer isso esse ano <3 Preciso desse livro na minha estante, vai ficar lindo os dois juntinhos! Beijos!
    Colorindo Nuvens

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dai, ficam lindos em conjunto! Li em algum lugar que vai sair uma edição das "cartas" que vai completar a coleção.
      Um beijo!

      Excluir
  4. Tenho a edição rosa, e confesso que comprei pela capa! hahahha só havia assistido Orgulho e Preconceito e ouvido falar muito de Jane Austen, mas estou amando! E não vejo a hora de ter esse aí tbm <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bruna! É uma edição realmente muito bonita. Tenho certeza que logo logo você terá um pra chamar de seu! ♥

      Beijinhos.

      Excluir