Sobre o Sheepdog e as coisas do coração

O Sheepdog é uma antiga e conhecida raça de cães pastores, usada principalmente no Continente Americano para esse trabalho. São cães inteligentes, amáveis, fiéis, protetores e pacientes, especialmente com crianças. Vivem entre 10 a 12 anos e podem chegar aos 40kg com facilidade. Cães famosos: Priscila, da TV Colosso e Einsten de De Volta para o Futuro.

Fofura ♥ 

Sete anos atrás. Dia dos namorados. Quatro amigas desfrutam de uma noite, descompromissadas, no único bar da cidade. Enquanto os casais iam para a Festa Nacional do Pinhão, ou pra restaurantes ou outros lugares mais românticos, quatro amigas desfrutam da companhia uma da outra, escutando sertanejo das antigas que sai das caixas de som do bar. Faz frio, muito frio. Sentam-se numa mesa ao lado da lareira. Conversam e riem.

Numa cidade pequena é comum todo mundo se conhecer, mas não era comum eu sair de casa, na noite dessa cidade pequena. Foi assim que naquela noite de dia dos namorados em que eu comemorava o meu bem estar meses após o fim de um relacionamento fracassado, foi que ele apareceu. Ele sempre fazia os outros rirem. Faz. É o palhaço da turma, onde quer que vá. Leonino, é o centro das atenções e o faz magistralmente mesmo sem perceber. Não lembro como, nem porquê, mas acabamos falando de cachorro. Cachorro ♥. Tem como ser mais perfeito? Eu recém perdera meu cocker Nikki e ele era o humano de um rottweiler chamado Nero. Nero, um nome que chamou a atenção dessa historiadora, afinal, Nero colocou fogo em Roma (entre outras esquisitices). Não sei porque cargas d'água acabamos na Priscila da TV Colosso e uma dúvida: qual a raça da personagem?

Noutro dia o papo continuou pelo MSN e a dúvida estava respondida: a raça da Priscila era Sheepdog. Ele se tornou meu melhor amigo, querido, que andava comigo pra cima e pra baixo. Semanas depois o beijo, meses depois o namoro. E já faz sete anos.

Ontem, comentando sobre o período de tempo passados juntos nos deparamos com uma questão que nos fez rir: teríamos a paciência de começar tudo de novo? Conhecer a pessoa, surpreender, agradar... Depois de sete anos a convivência já nos mostra o que o outro precisa, é só olhar nos olhos. Sabe o que o outro gosta de assistir, comer, fazer. Sabe quando o outro quer ficar sozinho. Depois de três anos vivendo sobre o mesmo teto, conhece as manias, as manhas e os estresses. Sabe o que fazer e como fazer. Depois de rir e antes de abrir o sinal e virarmos à direita quase na rua de casa, eu disse pra ele que com ele eu me sinto em casa.

As vezes a gente ri e diz que intimidade é uma merda. Você não liga se o outro ta usando o banheiro e entra mesmo assim, não critica um furo na cueca ou um elástico solto no sutiã. Parece chato, mas na real a intimidade é algo divertido, a convivência e a rotina parecem chatas mas são confortáveis.

Não temos um Sheepdog, mas um Shih Tzu, que é quase uma miniatura da primeira raça. E sei que quando chego em casa os dois, cão e marido estão quentinhos me esperando. No verão, tá tudo fresquinho já com o ar ligado. Sento no sofá e juntos vemos TV, ou tomamos café, ou saímos pra comer. Ali, com a rotina, os cheiros, o AXN, ali eu me sinto confortável e em casa.

Sobre rotina, intimidade e cachorros, não haveria talvez motivo pra me sentir tão apaixonada quanto me sentia a sete anos atrás. Mas já dizia a canção: quem irá dizer que existe razão nas coisas feitas pelo coração?

A sete anos, sete meu número da sorte. ♥

XoXo,
Grazy

Veja a postagem da Paty Dibona, Quero Ser Alice e Donna Rita  também!


10 comentários

  1. Que post mais amor <3

    Eu tb gosto da intimidade e da rotina! Me sinto feliz e em casa desse jeito!!

    Feliz 7 anos pra vcs <3

    ResponderExcluir
  2. Que lindo!!! Que venham mais muitos anos dessa cumplicidade.
    Por aqui passaremos nosso 5 dia dos namorados juntos, do jeito que começamos, no cinema...

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que sei o que foram assistir, hehehehe.
      Beijos Rita!

      Excluir
  3. Muito bom seu relato! Que venham mais muitos anos de felicidade e risadas! Muitos anos juntos é assim mesmo, sempre nos perguntamos se teríamos paciência para começar de novo. Mas na verdade, manter um relacionamento é começar de novo todos os anos!

    bjão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Bia! O segredo é ser sempre confiante, perseverante e amigo!
      Beijos

      Excluir
  4. A história de vocês é uma gracinha e vocês são uns lindos! Eu sinto essa mesma cumplicidade com o Flávio e é muito gostoso. Beijo ♥

    ResponderExcluir
  5. Grazy que belo texto. Parabéns a vocês dois, que venham muitos anos e que esse amor só cresça.
    Beijos
    wwwideiasemcasa.com.br

    ResponderExcluir