Armário Descomplicado: Por onde começar?

Depois que eu cursei Consultoria de Moda passei a conhecer melhor meu estilo pessoal (faça seu teste aqui). Conhecendo meu estilo pessoal pude determinar quais as roupas que eu tinha que se encaixava realmente com minha personalidade. Depois de me mudar percebi que eu tinha muita coisa e aos poucos fui enxugando meu armário. Ainda estou em processo de adaptação, mas já tenho evoluído muito.

Imagem: Pexels
Comecei fazendo uma super limpeza do meu armário: tirei o que não usava mais e o que não servia mais. Aproveitei a visita da minha mãe e da minha sogra e elas já pegaram algumas peças pra elas, hehehehe. Mas ainda assim sobrou muita coisa pra doação e pro brechó. A doação eu mandei pra serra pela minha mãe. As coisas do brechó eu ainda não levei porque preciso fazer triagem nos meus casacos ainda.

Depois de feito isso organizei as minhas roupas de "rua" (roupas de trabalhar, passear, etc.) em uma prateleira e as roupas de "casa" (pijamas, leggings e malhas, camisetas de faxina e de preguiça) em outra. Assim pude perceber que tinha mais roupas de ficar em casa do que de sair. No cabide ficaram camisas, vestidos e sobreposições. Diminuí o número de calças também. Fiquei só com o básico.

Os vestidos/roupas de festa você pode guardar em sacos de TNT. Como são peças que quase não se usa eles podem ficar dobrados e armazenados num lugar onde você não mexa tanto. Pense também se vale a pena ficar com eles: eu tenho dois vestidos de festa, ambos pretos mas em estilos totalmente diferentes. Invisto em boas bijuterias e um bom penteado quando preciso me arrumar mais. Vestidos longos prefiro de aluguel: é bem raro uma ocasião onde preciso usá-los.

Percebi que posso melhorar meu espaço e como eu me visto. Se eu tiver coisas mais básicas posso desfrutar das sobreposições e acessórios coloridos. Pesquisei muito sobre o armário-cápsula, sobre doação de roupas e sobre customização também!

Descartei tudo aquilo que não combinava com nada! Inclusive fiz uma triagem nos meus sapatos, bolsas e acessórios e, tudo o que não uso, vai pro brechó.

Desapegar é o primeiro passo para conseguir! Olhar pra aquela peça e não sentir amor: desapegue. Não pense em quanto você pagou ou em quem te deu, pense que abrindo espaço você pode adquirir algo novo e com a sua cara!

Depois da limpeza coloque no lápis o que você precisa para repor. Eu decidi que o que eu ganhar com as roupas que levarei pro brechó eu irei investir em peças novas. Sei que não dará muito, mas penso que será bem investido.

Quando for comprar dê atenção à qualidade. Prove. Pense no que você tem em casa. Eu, por exemplo, tenho alergias à certos tecidos e poliéster é um deles. Eu consigo determinar isso tocando na peça e provando. Evite comprar sem provar ou sem conhecer o produto. Sei que muitas compram na China, eu particularmente não tento mais comprar roupa de lá porque todos os tecidos me deram alergia. Deixo pra comprar acessórios (e só depois que o dólar baixar!).

Por fim tenha foco: determine, por exemplo, quantas peças você quer ter, ou faça wishlists de coisas que você precisa. Mantenha o foco numa ou noutra coisa assim você não se perde em liquidações.

Lembre-se: faça por você e não como obrigação. O melhor é poder focar no que eu preciso, no que eu quero! É claro que quero descomplicar! Estou começando agora, porque você não vem nessa também?

XoXo,
Grazy

10 comentários

  1. Sempre que posso faço uma limpa no meu guarda-roupa, mesmo eu tendo um apego muito grande nas peças tento me desfazer das que não uso =/ É muito trabalhoso né?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É trabalhoso sim Clayci, mas o melhor que podemos fazer é desapegar daquilo que não usamos mais né?! Até tenho uma lojinha na Tanlup. Dá uma graninha legal pra investir numa peça nova! ♥

      Excluir
  2. As pessoas tem uma dificuldade enorme de abrir mão de roupa, né não? rs
    Cara, qd eu faço limpeza me livro de coisas até de mais. Eu abro mão MESMO. Por um lado é bom, mas confesso que já me arrependi de algumas doações também.
    Na real, não vejo pq manter coisas q vc não usa.
    Po, acho q diferente de vc tenho mais roupas de sair q de ficar em casa. Na moral eu tenho quase um uniforme calça jens/sapato/blusa. Isso é o que eu mais tenho. Basicão mesmo.
    Desapegar é essencial.
    Seu post me deu vontade de fazer mais uma limpeza no meu armário (adoro), mas pra ser sincera, a parte de repor é que anda complicada. A grana está apertadíssima.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já me arrependi de doações e vendinhas, mas logo já passou, hehehehe. Hoje em dia tento nem pensar nas roupas que enviei pra brechó/doação. Nunca reponho o mesmo número de peças Mari, pois realmente o orçamento é apertado. Só compro quando tô precisando.
      Beijão.

      Excluir
  3. Seu link do 'faça o teste aqui' não aparece D: E eu fiquei clicando :(
    Eu vivo trocando/vendendo coisas em brechós online. Cheguei até a fazer uma postagem sobre. Todo mundo me acha estilosa mas mal sabe que uso coisas X pra mudar o visual!
    | A Bela, não a Fera |
    | FB Page A Bela, não a Fera|

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já arrumei o link!!! Eu jurava que estava tudo ok Isabela :) Eu adoro brechós, costumava a comprar mais. Hoje eu desapego doando e colocando na minha lojinha na Tanlup.
      Beijos

      Excluir
  4. Ahhh vou fazer o teste :) Sabe o que quero fazer? Tirar fotos de todos os looks que consigo montar com o meu guarda-roupa porque as vezes na pressa acabamos usando sempre as mesmas coisas e combinações. Estamos no mesmo barco hahahaha <3 Um grande enorme abraço, Himmel <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu quero fotografar todas as minhas peças e fazer algumas combinações no PC mesmo. Mas me sinto como você: por mais que eu tente variar os looks acaba sempre a mesma coisa, hahahaha.
      Beijos e boa sorte pra nós!

      Excluir
  5. Grazy eu vou ter que fazer tudo isso, não sou muito de me arrumar e talz, toda vez que tenho que comprar roupa fico feito louca atras de coisas que ja conheço, em resumo estou sempre do mesmo jeito kkkkkkkkkkkkk que sofrimento o meu hehehe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que o post seja um incentivo Joyce! Faça o teste de estilo e complemente seu jeitinho!
      Beijos

      Excluir