HQ x Filme: V de Vingança


Quando eu estava na faculdade meu colega Eduardo sempre me perguntava: "Já assistiu V de Vingança? Você precisa ver!". Chegou uma época em que ele me perguntava sempre que a gente dialogava sobre algo. Hoje lembrar disso me faz rir, porque demorei alguns anos, depois que me formei, para assistir esse filme.
Não lembro se o Robson baixou ou se eu assisti pela Sky. Sempre passa na Sky. Mas a verdade é que o filme me impactou tanto que se tornou um dos meus preferidos, eu comprei o DVD e recomendo para todos que conheço. Aliás, assisti esse filme com minha prima que nunca havia visto. Ela gostou!


O filme mostra Evey (Natalie Portman), uma jovem que trabalha em uma emissora de TV em Londres. A região está dentro de uma área de quarentena vivendo sobre um regime totalitário, longe da "guerra americana"e assolada por vírus e guerras civis (já controladas fortemente por uma polícia armada e cruel). Em uma noite ela sai durante o toque do recolher e é abordada por homens-dedo (a polícia fascista), que a atacam. Nesse momento ela é salva por um homem de máscara que se denomina "V". O caminho deles se cruzam quando "V" invade a rede de televisão onde Evey trabalha, a fim de transmitir sua mensagem contra-governo.  Nessa etapa "V" a leva a moça à  "Galeria das Sombras", sua casa, e começa a sua vingança contra aqueles que lhe criaram, enquanto cuida de Evey e a transforma em uma pessoa forte. O filme narra um período de um ano, do momento de sua mensagem inicial ao fim dos seus planos. O filme é de 2005 e tem o mesmo diretor de Matrix. Apesar de eu não curtir muito dos filmes da DC, esse é um deles, e da Vertigo.


A HQ é de Alan Moore e David Lloyd. A minha edição foi editada e lançada pela Panini em versão colorida e completa, com informações adicionais sobre o trabalho.


As duas obras se diferem bem pouco. Devemos levar em consideração que muitas coisas escritas na HQ não ficaria bom na versão cinematográfica (opinião minha) e considero todas as mudanças muito positivas e harmoniosas. Não tem como negar a incrível semelhança entre os quadrinhos e a adaptação. Preferi apenas mostrar aqui partes da HQ. Assista e perceba as semelhanças!


O que eu mais adoro nesse filme é a capacidade enorme dele me fazer pensar em sistemas de governo, no que o mundo está passando e na forma como os governantes tratam o seu povo. Ali, assistimos a um povo isolado do resto do mundo, recebendo noticias apenas por uma emissora de televisão manipulada pelo governo. Uma mídia que assusta com notícias de guerras e epidemias e um governo que "promete" protegê-los disso tudo. Aqui o diferente não é aceito, o governante é totalmente beato e sua religião influencia suas decisões. Aqueles que são diferentes são levados à campos de concentração, retirados da sociedade. E o povo se vê limitado pelo seu próprio voto, afinal, ele chegou lá pelas mãos desse povo.


O povo não tem que temer seu governo, o governo é que tem que temer o seu povo".

"V" é um anarquista, um homem que idealiza um povo livre das amarras do ditador. Transmite em sua mensagem uma possibilidade de luta. Procura simbolismos para a sua revolução e adiciona significado na união de todos contra um. Verbaliza os problemas e mostra que cada um é responsável pelo que acontece. Sua vingança pessoal acaba sendo a carta de alforria de um povo.


"Por trás dessa máscara há mais do que carne ou sangue; por trás dessa máscara há uma ideia, e as ideias são à prova de balas."

Esse é, com certeza, um filme que todos deveriam assistir. E leiam a HQ também.


Já viu? Conta pra mim!

XoXo,
Grazy


6 comentários

  1. Meu Deus, eu sou COMPLETAMENTE APAIXONADA por V de Vingança. É com certeza um dos meus filmes favoritos pelas mesmas razões das suas. Acho a mensagem poderosa e o V um dos melhores anti-heróis que conheço. As cenas da Evey na chuva se libertando e dela lendo o bilhete do buraco na cela de prisão são icônicas, assim como tantas outras do filme. Tenho a HQ também, li e reli várias vezes, e também acho que as diferenças são poucas e em nada prejudicam o filme. Vi muita gente criticando a adaptação e até hoje não entendi porque, hahahah.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu assisto um milhão de vezes e amo cada vez mais! Realmente, a cena da Evey na chuva é incrível!
      Beijos!

      Excluir
  2. Já assisti o filme diversas vezes e eu curti muito a ideia dele. Nunca tive contato com a HQ, mas já vi varias pessoas dizerem o mesmo que você, que apesar das mudanças, o filme não destrói a obra original.
    Mesmo eu tendo assistido o filme várias vezes, eu não lembro direito dele, tenho que ver de novo hahahaha e eu pretendo algum dia ler a hq, pois já me recomendaram e falaram que vale a pena ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A ideia é incrível! Se você ver a HQ vem me contar se curtiu ;)
      Beijos

      Excluir
  3. Eu adoro V de Vingança. No ensino médio, tive que fazer um trabalho que era analisar algum filme, e por sorte o meu grupo me apoiou nessa escolha. Aí acabei lendo a HQ também, e passei a gostar mais.
    Concordo com você quanto as mudanças que foram feitas (por exemplo, acho que o final da HQ não ia ficar lá muito legal no filme), mas acho legal ter visto ambos, não para comparar, mas apenas pra saber as diferenças mesmo.

    Beijos!
    Vestindo o Tédio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu concordo plenamente em relação aos finais. O filme ficou muito bem adaptado!
      Beijos

      Excluir